sexta-feira, abril 08, 2005

: : : 1-big-O [v12.0]

Quem me conhece sabe que eu não me meto na política. Identifico-me mais com ideais do que com ideologias ou formas de ver ideologias conforme os interesses partidários. Mas há coisas em que acredito e a democracia é das coisas em quem mais acredito. Acredito que todos passamos ter oportunidades, quer venhamos de um extracto social baixo ou tenhamos um padrinho na fundação.

Foi por isso que acedi a ajudar um amigo a levar avante uma luta por uma causa democrática. Pode ser num partido que se encontra de rastos, mas por isso mesmo acredito que só pode renascer mais forte e imprescindível ao futuro de Portugal. Um governo precisa de uma boa oposição para que sejam feitas mudanças necessárias ao futuro da nação. E isso parte de princípios democráticos.

Assim, fiz um site simples, para que estivesse activo este fim de semana. Há muita coisa a acrescentar, mas a causa ainda não está ganha.

directas.org - um militante um voto

Lembram-se quando George W. Bush ganhou com menos votos ao Al Gore? Isso pode acontecer hoje em dia em qualquer partido porque as eleições não são directas. Lembram-se de ter dito mal dos Estados Unidos em 2000? Pois isso pode acontecer aqui em todas eleições partidárias.

Assinem!

3 comentários:

MRF disse...

Rui, o nosso sistema é completamente diferente do americano. E, como sabes, uma vez que usamos o método de hondt, os pequenos partidos são favorecidos, podendo assim tb ter lugar no parlamento. Agrada-me este sistema que assegura o multipartidarismo (versus o bi-partidarismo).Por isso não vou assinar. Mas quando surgir um movimento a reclamar listas nominativas, conta comigo.

Um abraço

MRF disse...

Ah! Estás a falar da eleição para os orgãoss internos do PSD e nomeadamente do líder! OK! isso é outra coisa :-)

Anónimo disse...

Where did you find it? Interesting read » » »